quinta-feira, 28 de maio de 2015

O que fazer em Madri - Roteiro de 3 dias

Uma boa opção para conhecer a Europa e gastar menos é concentrar a sua viagem entre Portugal e Espanha.

A Espanha é maravilhosa! Pessoas animadas, culinária deliciosa e muitas cidades interessantes para conhecer. Nesse post falaremos da capital do país, Madri. Em 3 dias conseguirá ter uma boa noção da cidade e ainda conhecer a charmosa Toledo.

Dia 1

Nada melhor do que começar a sua estadia em Madri com o Free Tour da Sandemans. Esse tour, além de ser gratuito (no final você paga o que quiser) é ótimo para conhecer as principais atrações da cidade a pé. Ele sai diariamente da Plaza Mayor às 10h, 11, e 14h e dura cerca de 3h.

Recomendo que o faça, pois além de passar pelos principais pontos como Catedral Almudena, Plaza Mayor, O restaurante mais antigo do mundo, Palácio Real, entre outros, você terminará o passeio entendendo assuntos importantes da história do país e conhecendo a história muito mais a fundo.

Ao finalizar o tour, aproveite para visitar o interior do Palácio Real. Considerado a versão espanhola de Versailles, é um dos maiores e mais luxuosos da Europa, com seus mais de dois mil aposentos.

A sair do Palácio, passe pela famosa Praça España, tem no centro um monumento dedicado à Cervantes, com destaque para as estátuas de Dom Quixote e Sancho Pança. Finalize o dia caminhando pela principal avenida da cidade, a Gran Via. Se tiver ânimo, conheça uma das famosas lojas de departamento El corte Inglês.

  







Dia 2

Comece o dia na Plaza de La Vila, praça com prédios históricos e que possui a Torre de los Lojanes, o prédio mais antigo de Madri. Siga para a Rua Cava de San Miguel, localizada próximo a Plaza Mayor, é uma rua charmosa e que foi inspiração para obras de diversos artistas.

Se tiver com fome ou buscar um tira gosto, dê uma passadinha no Museo del Jamon localizado na Plaza Mayor, afinal de contas se você está na Espanha precisa provar o típico presunto cru!

Siga caminhando até a Puerta Del Sol: considerada o centro histórico de Madri. Aqui estão diversas tabernas e restaurantes, além do marco inicial das rodovias espanholas  demarcado no chão com um placa onde está escrito “kilometro zero”. Também na Puerta del Sol encontra-se o símbolo da cidade de Madri, uma estátua  de vinte toneladas representando um urso comendo uma fruta de uma árvore. Seu nome oficial é "El Oso y el Madroño" significando O urso e o madroño (árvore frutífera da família da cerejeira).

Vá para a praça mais bonita da cidade, a Plaza de Cibeles. Situa-se no cruzamento entre a Gran Via e a Via de Alcalá, área de trânsito intenso e cercada por belos prédios, um dos principais é o  Palácio de Comunicaciones, possui o estilo de uma catedral.  No centro da Plaza de Cibeles uma fonte - Fuente de Cibeles -  que representa a deusa romana da natureza em uma carruagem conduzida por dois leões.

Ao sair da praça dirija-se para o Parque Del Retiro para dar uma descansada da longa caminhada. Se sobrar energia, vá de metrô até a Plaza de toros de La ventas, um dos pontos mais importantes da cidade. Nesse local são realizadas as Corridas de Toros de Madri todos os domingos de maio a setembro.


                                                                                    






Dia 3

Tire o terceiro dia para fazer um bate e volta de trem para Toledo! Toledo é uma cidade histórica murada que fica há apenas 72 km de Madri. Vale a pena conhecer!







Nossa visita à Madri acabou por aqui, mas claro que se está na Espanha deve beber muita cava (espumante local), comer frutos do mar e presunto cru. A gastronomia, sem dúvida é um dos pontos fortes do país.


Despachamos as malas rumo ao próximo destino! Vamos para Barcelona, Valência e Ibiza, explorar um pouco mais as maravilhas desse grande país. 

Se já esteve em Madri e tem mais dicas para passar, comente esse post e compartilhe suas experiências!
Nenhum comentário:

Postar um comentário