sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

O que fazer em Hvar - Roteiro de 3 dias

Hvar é uma ilha na Croácia famosa por suas belas praias e noites agitadas. Um lugar incrível que fascina pessoas do mundo inteiro e de todas as idades.

Após passar um dia em Split, fomos para Hvar através da empresa Jadrolinijaeles possuem traslados diários em diversos horários.

Hvar é simplesmente incrível! Possui características bem típicas das cidades croatas, porém com uma noite mais agitada e belíssimas praias! Recomendo ficar na cidade pelo menos uns 3 dias.

Dia 1

No primeiro dia chagamos à pousada Vila Nina onde fomos muito bem recebidos. Fica um pouco distante do centro, mas como estamos em agosto e os preços estão extremamente elevados, essa foi uma boa relação custo benefício. 


Assim que chegamos fomos a uma praia que fica bem próxima da pousada onde passamos a começo da tarde. 


No final do dia, fomos a pé ao centro e de lá passamos no beach clube Hula Hula. Com uma vista incrível e pessoas bonitas o bar atrai turistas de toda a Europa no verão. Vale conferir!



                  

                  

A noite passeamos e jantamos no centro e voltamos para a pousada, pois amanhã o dia será cheio!!









Dia 2


Acordamos cedo e fomos ao primeiro passeio, conhecer a Green Cave, a Blue Cave e a bela praia de Palmizana.

Fomos em um barco com 12 pessoas é possível comprar o passeio em diversas agências do centro, optamos por uma que nos cobrou 500 kunas por pessoa e tinha um barco mais rápido, o que nos fez conhecer mais praias.

A Green Cave é linda! Infelizmente não conseguimos entrar na Blue pois a maré estava alta, isso chega a acontecer umas 20 vezes durante o verão.


As praias são incríveis, o mar mais azul e transparente que já vi! Porém a maioria das praias é de pedra, por isso sugiro que leve um daqueles sapatinhos de barco. Em Split e Hvar são vendidos a 50 kunas.





Como não conseguimos entrar na Blue Cave pedimos um desconto para o pessoal da agência que nos vendeu o passeio, felizmente tivemos 100 kunas de volta.


A noite fomos conhecer a famosa balada Carpe Diem Beach, a mais popular da cidade, além dela a Pink Champagne que também está em alta. 

Para chegar à Carpe Diem Beach é necessário pegar um taxi boat no centro que começam a sair  a partir da meia noite. Sugiro um esquenta nos bares da região antes.

O lugar é lindo! É uma ilha reservada apenas para a balada, a entrada (incluindo o taxi) custa 150 kunas. A festa é animada e cheia de gente bonita, a música que toca é eletrônica.



Dia 3


Para um dia pós balada, acordamos as 10h e fomos para um passeio diferente! Alugamos um barquinho para 2 e fomos explorar as ilhas próximas a Hvar! O aluguel do barco saiu 500 kunas e o pessoal da agência dá uma pequena aula e dicas de onde visitar. Não precisa de licença. 

Passamos novamente por Palmiziana, pontos de mergulho, praias de nudistas e voltamos ao Carpe Diem Beach de dia. Na minha opinião, é mais bonito que a noite! O local se transforma em um Beach lounge.

O passeio foi incrível!








Se não quiser alugar um barco no terceiro dia, há vários taxis boats que saem do centro e podem te deixar em pequenas ilhas próximas a Hvar.

Chegamos em Hvar no final do dia e a noite fomos so Riva Bar, um dos mais famosos da região, aproveitamos e jantamos em um restaurante próximo.

A Croácia está cheio de brasileiros, mas a maior prova foi quando começaram a cantar Lepo Lepo no bar!






Dicas:

  • A Croácia não é um país barato. Antes de vir me deparei com uma série de comentários falando que aqui se gastava pouco, porém, pelo menos em agosto, a realidade é outra. Para terem uma ideia, uma água de 1,5l chega a custar R$ 10,00 em uma loja de conveniência, e os drinks nos bares (como Mojitos, Daikiry, etc.) custam em média 65 kunas.
  • Os frutos do mar são uma delícia, recomendo que experimentem a salada de polvo (tem em todo restaurante) e a típica Gregada, um mix de frutos do mar. Comer uma lula a dorê  também faz parte da visita a Croácia. Ah! E experimente o azeite, é delicioso!
  • Muitos dizem que Hvar é a nova Ibiza da Europa devido a suas belas praias e agitação. Porém o estilo das baladas de Ibiza é bem diferente. Aqui as baladas são mais abertas e menores, e em Ibiza as casas noturnas são verdadeiros shows (com palco e tudo). As cidades são diferentes, recomendo as duas! Cada uma com sua beleza e estilo.

Se já esteve em Hvar e tem mais dicas para passar, comente esse post e compartilhe suas experiências!




Nenhum comentário:

Postar um comentário