segunda-feira, 20 de julho de 2015

O que fazer em Split

Conhecida como a nova Ibiza da Europa, a Croácia tem atraído turistas do mundo inteiro interessados em suas noites agitadas e paisagens incríveis!

Não tive a oportunidade de conhecer Dubrovnik, um dos destinos mais disputados do país, mas iniciamos nossa jornada por Slit, seguimos para Hvar e terminamos com chave de ouro em Zagreb!

Ao chegarmos em Split pegamos o shuttle do aeroporto até o centro da cidade. O valor é 30 kunas por pessoa. No aeroporto, há apenas 1 casa de câmbio onde se forma uma grande fila. Se possível, troque a moeda antes poara poder pagar o shuttle e algo que queira comer (1 euro = 7,30 kuna (agosto/2014))

Nosso hotel ficava no lado antigo da cidade, o nome era Ghest House Lasta, o dono Denis, foi extremamente receptivo! Recomendo o local!

Split é maravilhoso!!! É a segunda maior cidade da Croácia!





Um mix de praia com cultura, é incrível! As ruas são estreitas e em cada curva nos deparamos com bares, músicas ao vivo, ou uma lojinha diferente. 


O grande lance de Split é se perder pelas ruas. Caminhar na Av Beira Mar, conhecendo o lago monderno e descobrir o lado histórico através do Palácio Diocleciano, Patrimônio da Humanindade pela Unesco, da bela catedral e  do Portão de Prata.

O mais divertido foi ver uma série de pessoas sentadas no Palácio a noite, tomando vinho e dançando no meio da rua! Uma cena inimaginável!!!





   

Palácio Diocleciano

Muitas pessoas vem a cidade apenas como um ponto de conexão à Havar, já que daqui saem varios barcos para a ilha através da empresa Jadrolinija

Se tiver a opção de ficar uma noite em Split, super recomendo! Há vários restaurantes excelentes e boates agitadas na avenida Beira Mar, além de todo o charme que envolve a região.

Aprecie a culinária local comendo uma bela salada de polvo com bastente azeite, aqui encontram-se um dos melhores azeites do mundo!

Se seu próximo destino é Hvar, aproveite para comprar as sapatilhas de praia aqui, pois a maioria das prais não possui areia e sim pedras, ou seja, pode machucar um pouco.

Já esteve em Split e tem mais dicas para passar? Comente o post e compartilhe sua experiência!


Nenhum comentário:

Postar um comentário